Registar! Entrar

Como É Que Os Superalimentos Nos Ajudam A Preservar A Biodiversidade?

Image
Como É Que Os Superalimentos Nos Ajudam A Preservar A Biodiversidade?

Podemos pensar que estas duas coisas não estão relacionadas mas, na realidade, as nossas escolhas, incluindo os alimentos que escolhemos consumir, têm uma grande influência na saúde do planeta. Descubra como pode ajudar a preservar a biodiversidade ao optar por consumir superalimentos!

Comecemos pelo princípio: o que é a biodiversidade? Ao pronunciar esta palavra, um dos primeiros pensamentos que ocorre são as florestas exuberantes, com imensos pássaros, macacos e cores. Isso está certo, mas a biodiversidade é mais do que isso. Esta palavra refere-se à variedade de seres vivos que habitam todo o planeta Terra.

A biodiversidade não se trata apenas de animais exóticos, mas também pequenas plantas e organismos, como insetos e bactérias. Cada recanto do nosso planeta, da Floresta Negra ao Deserto de Gobi, está literalmente coberto de vida. Até os lugares mais inóspitos têm diversos seres vivos: desde os maiores como baleias até aos quase invisíveis, bem como de uma oliveira (que dura muitos anos) até a uma borboleta... Mas todos contribuem para aumentar a biodiversidade.


Para que serve a biodiversidade?

A resposta é que a biodiversidade garante a sobrevivência da vida na Terra. Sim, porque nenhum ser vivo pode viver sem a presença de outros seres vivos. Uma vaca não poderia sobreviver sem plantas, assim como uma águia não poderia sobreviver sem roedores. Os seres humanos também fazem parte dessa biodiversidade e também dependem dessa diversidade biológica.

A flora e fauna combinam-se num ecossistema complexo, que vive apenas através do relacionamento entre os seres vivos. Para explicar esse conceito, pense em abelhas. As abelhas estão em perigo de extinção e os cientistas têm enviado sinais de alarme há anos. Se as abelhas desaparecessem do nosso planeta, isso teria um impacto brutal nas nossas vidas, seria o nosso fim. Não comemos abelhas e até poderíamos viver sem consumir mel, mas o seu papel no ecossistema é insubstituível. As abelhas polinizam as flores e garantem a reprodução de mais de 70% das espécies de plantas das quais o ser humano se alimenta.

Se as abelhas desaparecessem, nos supermercados, por exemplo, teríamos apenas 30% das frutas e verduras que costumamos comer. Mas também seria uma tragédia para muitas outras espécies animais, herbívoros, carnívoros ou omnívoros. O dano causado pelo empobrecimento da biodiversidade é, portanto, uma cadeia de eventos desastrosos que podemos e devemos evitar.


Biodiversidade e superalimentos

Como é que os superalimentos nos podem ajudar com tudo isso? Na Iswari, partimos de um ponto básico: os superalimentos, como os nossos, devem respeitar a natureza, o meio ambiente e as pessoas. A agricultura orgânica não intensiva permite-nos oferecer soluções alimentares saudáveis e ricas em nutrientes que respeitam todos os seres vivos. Alguns dos nossos produtos, como o cacau, também são de comércio justo (fairtrade), ou seja, apoiam as populações locais e atendem a critérios ambientais rigorosos.

A escolha de consumir superalimentos permite evitar o consumo de alimentos nos quais foram usados pesticidas, antibióticos ou contaminantes, bem como a prática de agricultura intensiva que destrói ecossistemas e habitats naturais. Cada pequena escolha que fazemos tem impacto no equilíbrio do nosso planeta: escolha uma dieta saudável e natural!