Registar! Entrar

Saúde | Iswari ©

Obstipação

O que é a obstipação

A obstipação é uma das mais comuns perturbações gastrointestinais. Cerca de 1 em cada 5 pessoas sofre deste problema, que afeta especialmente as faixas etárias mais elevadas e mulheres durante a gravidez. A obstipação é uma complicação na defecação, que se traduz pela dificuldade em expelir as fezes do sistema intestinal. 

A obstipação não é uma doença por si só, mas sim um sintoma de uma ou mais condições médicas. Um indivíduo saudável deverá defecar, em média, entre duas a três vezes por semana, no mínimo. Esta perturbação pode afetar mais cedo ou mais tarde, qualquer um de nós, por razões diferentes. 


Obstipação: causas

Existem inúmeras causas para a obstipação. Estas podem variar entre uma simples hidratação insuficiente e patologias graves. As causas mais comuns estão intimamente relacionadas com hábitos inerentes ao estilo de vida, que incluem tanto a alimentação como a atividade física. Algumas causas mais típicas são:

Uma dieta pobre em fibra

Hidratação insuficiente

Estilo de vida sedentário

Alterações na rotina (viagens, processos de emagrecimento)

Gravidez

Idade avançada

Medicação

Consumo excessivo de substâncias laxantes

Intolerância à lactose

Síndrome do intestino irritável

Ataque cardíaco, esclerodermia, lúpus, esclerose múltipla, Parkinson

Patologias inerentes ao reto ou cólon 

Problemas associados ao sistema nervoso


Sintomas da obstipação 

No campo da medicina, a obstipação é apenas considerada quando, ao longo do último ano, o indivíduo sofreu de pelo menos dois destes sintomas (com uma duração contínua de 3 meses):

• Menos de 2 evacuações semanais

• Esforço e dor na defecação

• Fezes rijas 

• Sensação de bloqueio retal

No entanto os sintomas são variados e incluem também:

• Dor de estômago

• Inchaço

• Mal-estar e desconforto generalizado

• Sensação de defecação incompleta

• Inflamação da mucosa anal

As pessoas são frequentemente induzidas em erro, ao considerar que sofrem de obstipação simplesmente por não evacuarem todos os dias. No entanto, cada indivíduo tem uma frequência particular que pode variar entre 3 vezes por dia a 3 vezes por semana. Para além disso, uma sensação de obstipação pontual, resultante de uma alteração na dieta, de um período de maior stress ou de uma viagem, não deve ser encarada como uma obstipação. 


Obstipação: soluções naturais

Na maioria dos casos, a obstipação resulta de causas facilmente resolúveis. Na verdade, esta perturbação ocorre principalmente por hábitos incorretos no estilo de vida. Uma dieta alimentar rica em gordura animal, açúcares e ao mesmo tempo pobre em fibra é a causa mais comum.

Em diversos casos, o indivíduo que sofre de obstipação não bebe água suficiente e não pratica atividade física ao longo do dia.  

Esta situação verifica-se especialmente em indivíduos de idade mais avançada, doentes ou grávidas. No caso da síndrome do intestino irritável, o cólon absorve água em demasia, tornando as fezes extremamente secas e difíceis de expelir. Seguem-se algumas das melhores soluções naturais para a obstipação e o procedimento a seguir quando esta perturbação se verifica: 

• Identificar a causa exata da obstipação com o acompanhamento de um professional de saúde; 

• Distinguir entre obstipação e pseudo-obstipação, sendo esta última algo pontual/momentâneo que poderá ocorrer durante viagens ou derivado de alterações na rotina;

• Não ignorar ou reprimir o estímulo da defecação;

• Assumir a posição correta: as sanitas comuns, ainda que confortáveis, impedem a distensão pélvica, dificultando a evacuação das fezes. A posição correta é o agachamento, com os joelhos elevados;

• Praticar atividade física

• Beber água ao longo do dia

• Melhorar a alimentação – aumentar a fibra e evitar os hábitos alimentares prejudiciais enumerados anteriormente


Obstipação: que alimentos escolher?

 No caso da obstipação, uma dieta alimentar equilibrada e saudável é essencial. Antes de mais, é imperativo garantir uma ingestão adequada de água e eliminar bebidas refrigerantes, sumos industriais e álcool. É igualmente importante limitar as gorduras saturadas e as proteínas de origem animal, dando preferência às de origem vegetal. 

É de referir também a relevância da mastigação: comer calmamente e mastigar decentemente cada porção relaxa os músculos internos e facilita a tarefa dos intestinos. No que diz respeito à hidratação, é aconselhável beber água quente (não em demasia). A temperatura um pouco mais elevada ajuda no relaxamento do estômago e dos intestinos, estimulando o seu movimento. 

Seguem-se algumas dicas relativamente aos alimentos a ingerir em caso de obstipação: 

• Frutas e vegetais sazonais: garantir quantidades adequadas de vitaminas, minerais e fibras. Estas últimas não são digeridas mas aumentam o volume fecal, facilitando a sua expulsão. Mais que isso, as fibras alimentam a microflora intestinal, promovendo a sua saúde. 

• Cereais integrais: estes são uma excelente fonte de fibras e regulam o trânsito intestinal. É melhor optar por cereais isentos de glúten e pseudocereais, nomeadamente aveia, arroz, milho, trigo-sarraceno, millet, amaranto, quinoa, teff e sorgo. 


Os melhores superalimentos para a obstipação

Fibra de cânhamo: Esta excecional fonte de fibra tem também um elevado teor em nutrientes como o precioso ómega-3 mas também em antioxidantes, vitaminas e minerais. Um excelente remédio natural contra a obstipação!

Aveia Divina A nossa gama de Aveias Divina é preparada com aveia isenta de glúten e germinada, de forma a ativar todas as duas propriedades. Apresenta um alto teor em fibra, favorecendo o trânsito intestinal. Comer uma taça de papas de aveia todas as manhãs é, de facto, uma excelente forma de prevenir esta perturbação. 

Despertar de Buda: A nossa gama de Pequeno-Almoço instantâneo inclui, entre muitos outros ingredientes nutritivos, trigo-sarraceno – um pseudocereal rico em fibra e vitaminas B. Inclui também sementes de chia e de linhaça, das melhores fontes vegetais de ómega-3! 

Sementes de Chia: Estas têm a capacidade de aumentar 8 vezes o seu volume, quando submersas em água! Essa é a razão pela qual as sementes de chia são particularmente hidratantes e ajudam a combater a obstipação.